sábado , 26 Maio 2018
Home / Aposentado morre dois dias após ser baleado em assalto no bairro Cidade de Deus
Anuncie Aqui!

Aposentado morre dois dias após ser baleado em assalto no bairro Cidade de Deus

José Maria morreu na noite de domingo (11) após ser baleado em assalto no Cidade de Deus (Foto: Lucas Pereira/DM)

O aposentado José Maria Marinho, 66, baleado durante um assalto na sexta-feira (9), morreu após dois dias internado no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Dr. Aristóteles Platão Bezerra Araújo. O crime aconteceu na Rua Santa Rosa, no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus, após a vítima sacar R$ 35 mil em uma agência bancária.

Ao Diário Manauara, um filho da vítima, que preferiu não se identificar, relatou que José Maria saiu de casa, por volta das 15h, na Rua Andorinha, no bairro Cidade de Deus e foi até a agência do Bradesco, situado na Avenida Noel Nutels, no bairro Cidade Nova, na mesma zona.

Após ser orientado por um funcionário do banco a sacar o dinheiro no caixa, José Maria deixou o local na garupa de uma motocicleta de um mototaxista, que tinha solicitado ao sair de casa. Durante o trajeto, o mototaxista e o idoso foram rendidos por dois homens armados, que estavam em outra motocicleta.

Durante ação criminosa, a dupla exigiu que o idoso entregasse a bolsa com o dinheiro, mas a vítima se recusou. Um dos suspeitos irritado efetuou três tiros contra o idoso, mas apenas dois atingiram perna e costas do aposentado.

Os criminosos fugiram com o dinheiro sem serem identificados. O aposentado foi socorrido em um carro particular e levado ao hospital. José Maria permaneceu internado por dois dias, mas não resistiu aos ferimentos por volta das 20h de domingo (11), em decorrência de choque hemorrágico agudo, insuficiência renal aguda e choque cardiogenico.

José Maria era natural de Alenquer no estado do Pará (PA) e residia com esposa e filhos há cerca de um ano no bairro Cidade de Deus. O corpo do aposentado foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) estiveram na unidade hospitalar e orientaram familiares a registrar o latrocínio (roubo seguido de morte) no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O crime com características de ‘saidinho de banco’ será investigado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD).

Comentários no Facebook

Veja Também

Petrobras vai reduzir preço do diesel nas refinarias por 15 dias

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, anunciou na noite desta quarta-feira (23) uma redução de ...

High Risk Merchant Account