domingo , 19 novembro 2017
Home / Cidades / Polícia / Homem é morto com várias facadas pelo primo da esposa na Zona Sul de Manaus
Anuncie Aqui!

Homem é morto com várias facadas pelo primo da esposa na Zona Sul de Manaus

David foi morto com 12 facadas pelo corpo (Foto: Mário Souza/DM)

David da Silva Ferreira, 39, foi assassinado com pelo menos 12 facadas, na madrugada deste domingo (12), no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. Eduardo de Alencar Osório, 36, que seria usuário de drogas, foi pela Polícia Militar minutos depois de cometer o crime.

De acordo com a esposa da vítima, Welen Kley Alencar da Silva, 39, o primo dela havia pedido dinheiro do companheiro para consumir entorpecentes e David teria negado dar o valor. Aborrecido, Eduardo que estava armado de uma faca desferiu vários golpes contra a vítima.

David foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas chegou morto ao Pronto-Socorro (PS) Dr. João Lúcio, na Zona Leste. Ao todo, conforme o registro do Instituto Médico Legal (IML), David foi atingido com 12 facadas, sendo no peito e nas costas.

Segundo a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), minutos antes do crime, David e Eduardo estavam ingerindo bebidas alcoólicas nas proximidades do Campo do Penarol e aos imóveis em que moravam construídos no mesmo terreno, quando iniciaram uma discussão.

Eduardo foi preso e confessou o crime (Foto: Mário Souza/DM)

David teria xingado a mãe de Eduardo com palavras de baixo calão, que se irritou e resolveu se vingar para defender a honra da sua genitora. Após o crime, Eduardo se escondeu na própria casa, mas foi preso em seguida por uma equipe da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

O autor foi apresentado pelo crime de homicídio no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), mesma zona, onde confessou está arrependido pela autoria do assassinato.

Familiares relataram que tanto David e Eduardo eram amigos desde os tempos de criança. A vítima deixou a esposa e dois filhos adolescentes, sendo um de 14 e outro de 17 anos. David trabalhava como gerente de uma clínica de prótese dentária localizada na Avenida Getúlio Vargas, bairro Centro, Zona Sul.

Já Eduardo, segundo familiares, que costumava ser agressivo era estudante do curso de Educação Física. Ele já tinha passagem pela Delegacia Especializada de Crime Contra Idoso (DECCI), após tentar agredir no ano de 2016 a mãe da própria prima dele, que na madrugada deste domingo ficou viúva.

Comentários no Facebook

Veja Também

Governador Amazonino Mendes entrega viaturas e reforça policiamento na Zona Norte de Manaus

O governador Amazonino Mendes reforçou o policiamento da Zona Norte de Manaus, nesta terça-feira (14), ...