sexta-feira , 19 outubro 2018
Home / Cidades / Prefeito libera ordem de serviço para expansão da rede de água em comunidades do Tarumã
Anuncie Aqui!

Prefeito libera ordem de serviço para expansão da rede de água em comunidades do Tarumã

Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (Foto: Mário Oliveira/Semcom)

 

Manaus/AM – O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e o presidente da empresa concessionária Manaus Ambiental, Renato Medicis, deram início aos serviços de implantação do Sistema de Abastecimento de Água para o Parque Solimões e Portal Tarumã, ambas comunidades localizadas no bairro Tarumã, Zona Oeste. O prefeito aproveitou a oportunidade para vistoriar o trabalho de asfaltamento que está acontecendo em 12 ruas do bairro e que deve se estender conforme também avançarem os serviços de água e esgoto.

“Nós temos um mapa de todas as ruas que serão perfuradas, vai ser um trabalho muito minucioso e que deve durar cerca de seis meses, contando com as eventuais chuvas do inverno manauara. Estamos, ainda, fazendo o asfaltamento de nove vias secundárias e três vias principais no Parque Solimões 1, depois vamos para o 2. Sinceramente, estou muito feliz com o trabalho da nossa equipe, com a parceria com a Manaus Ambiental e com o fato de estarmos comungando com o povo, trazendo soluções para ele”, destacou o prefeito Arthur Neto, acompanhado da primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro.

O Sistema de Abastecimento de Água para o Parque Solimões e Portal Tarumã consiste na implantação de 22 quilômetros de novas redes, incluindo a construção de três poços e um reservatório de 300 mil litros de água potável. Serão quase 3 mil novas ligações, garantindo mais dignidade aos moradores do Parque Solimões e Portal Tarumã, beneficiando 12 mil moradores das localidades.

Os serviços atendem as especificações da Prefeitura de Manaus para que todas as pessoas da cidade tenham acesso à água tratada e de qualidade. Atualmente, mais de 95% de residências da capital possuem rede de água encanada. O cronograma de trabalho consiste em iniciar a ação pelas vias secundárias. As obras em vias principais serão realizadas no período noturno para reduzir o incômodo ao trânsito no local.

Segundo o diretor-presidente da Manaus Ambiental, Renato Medicis, a expansão da rede de abastecimento traz avanços positivos.

“Os moradores já estão sendo informados sobre a importância do serviço e esse é só mais um passo de um grande investimento que vamos fazer para regularizar o abastecimento de água e também para ampliar as redes de esgotamento sanitário na cidade. Nos próximos cinco anos, vamos estar investindo cerca de R$ 800 milhões na capital e, como o prefeito falou, até 2030 vamos estar com 80% da cidade com esgotamento sanitário”, afirmou.

A Manaus Ambiental mantém diálogo permanente com os órgãos municipais, entre eles, Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), de modo a viabilizar a execução dos trabalhos, bem como da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados ao Município de Manaus (Ageman) e Unidade Gestora Projetos Municipais de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário (UGPM Água).

Comunidade

A Manaus Ambiental também tem o compromisso de estabelecer o diálogo com a população, mantendo os moradores devidamente informados sobre os serviços prestados. Por meio do “Programa Afluentes”, os líderes comunitários do bairro se reuniram com a equipe da concessionária.

A primeira reunião foi realizada em 25 de setembro e, durante o encontro, foram apresentadas sugestões e demandas por parte da população, que já estão na pauta da empresa. O programa foi lançado em agosto deste ano, com o objetivo de garantir a integração entre as associações de moradores, líderes comunitários e a empresa, estabelecendo um canal aberto de comunicação com a comunidade.

 

*Com informações da assessoria

Comentários no Facebook

Veja Também

Projeto ‘Pipocando’ incentiva alunos da rede municipal a lerem mais de 63 mil livros

Manaus/AM – Implantado em maio deste ano pela Prefeitura de Manaus, em 76 escolas da ...

High Risk Merchant Account