terça-feira , 19 fevereiro 2019
Home / Cidades / Polícia / Preso segundo suspeito envolvido no linchamento de estudante em Manaus
Anuncie Aqui!

Preso segundo suspeito envolvido no linchamento de estudante em Manaus

Anisson é o segundo suspeito preso envolvido na morte do estudante do Colégio da Polícia Militar (Foto: Mário Souza/DM)

 

Manaus/AM – Anisson Freitas de Lima, conhecido como “Chocolate”, de 24 a nos, foi preso no fim da tarde de sexta-feira (24), no Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Ele é apontado pela polícia por suposto envolvimento na morte do estudante Kayube de Carvalho Oliveira, de 16 anos. O crime ocorreu no dia 5 de agosto deste ano. O jovem foi espancado até a morte após ser confundido como autor de roubo.
De acordo com o delegado Jeff David Mac Donald, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Anisson é um dos populares que participaram no linchamento do estudante do ensino médio do Colégio da Polícia Militar. O suspeito foi preso em cumprimento a mandado de prisão temporária por homicídio qualificado.

“Há duas vertentes no assassinato do Kayube. A primeira pode ser uma farsa comunicação de crime no qual um mototaxista teria sido alvo de roubo. A suspeita é de que o mototaxista tenha inventado a situação por não conseguir roubar o jovem. A outra linha de investigação aponta que a farda do colégio da PM usada pela vítima seria um afronta para os traficantes da área”, explicou o delegado Jeff David Mac Donald.

Durante a coletiva de imprensa, Anisson não conteve as lágrimas e negou a participação no assassinato do estudante.

“Estão me confundindo. Não fui eu que matei. Estou sendo acusado de algo que não fiz. Eu sou inocente”, disse Anisson.

Além de Anisson, Vinícius Nascimento Mendes, de 20 anos, preso no dia 10 de agosto deste ano por policiais militares do Comando de Policiamento de Área (CPA-Leste), revelou que 20 pessoas participaram do linchamento utilizando pedras e paus. Apelidos de algumas pessoas foram repassados para a polícia.

Entenda o crime

Kayube de Carvalho Oliveira foi encontrado morto com sinais de agressão física, na noite do dia 5 de agosto, em um igarapé, na Rua Paranacaxi, comunidade Valparaíso, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. A vítima apresentava ferimentos de faca, além de pedradas e pauladas.

Em depoimento, familiares afirmaram que o adolescente teve um cordão e o celular roubados quando caminhava pela via. Um mototaxista alegou que tinha sido alvo de uma tentativa de assalto cometido pelo estudante.

Diante disso, Kayube foi perseguido por um grupo de pessoas e agredido até a morte. Conforme levantamento da polícia, Kayube não tinha antecedentes criminais e participava de grupos de igreja.

Comentários no Facebook

Veja Também

Mulher morre após ser esfaqueada em ponto de mototáxi, na Zona Leste de Manaus

Um homem saiu de um carro e desferiu a facada contra a vítima que dormia ...

Website Design Company in BangladeshHigh Risk Solutions Merchant Account Services