domingo , 25 Fevereiro 2018
Home / Cidades / SSP-AM inicia fiscalização de bandas e blocos carnavalescos em Manaus
Anuncie Aqui!

SSP-AM inicia fiscalização de bandas e blocos carnavalescos em Manaus

A operação fiscalizou a Banda da Andréa Brasil, no Centro da cidade, que estava com a documentação completa (Foto: Valdo Leão/Secom)

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) começou a fiscalização de bandas e blocos carnavalescos neste final de semana. No domingo (21), três bandas foram alvos da operação ‘Alegoria Proibida’, que verifica se os organizadores estão cumprindo as novas regras da portaria que trata sobre as medidas de segurança para realização de eventos em vias públicas.

Neste primeiro final de semana do carnaval, a capital teve sete festas consideradas de pequeno porte. Acompanhado da cúpula da segurança, o vice-governador e titular da SSP-AM, Bosco Saraiva, percorreu os eventos no Centro, Vieiralves e Alvorada, ao lado da equipe de policiais civis e militares e corpo de bombeiros. Houve também o monitoramento aéreo das festas pelo helicóptero do sistema estadual de segurança.

Bosco Saraiva ressaltou que o foco das ações é garantir a tranquilidade em todos os eventos carnavalescos que ocorrerem na capital. Para assegurar que os eventos aconteçam seguindo os critérios de segurança, o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) está liderando o apoio aos organizadores na legalização. Até a quarta-feira de cinzas, estão previstos cerca de 300 eventos em Manaus.

“Graças a Deus o nosso trabalho tem dado bom resultado. Vamos melhorar ainda mais porque implantaremos o restante das patrulhas na cidade de Manaus. Tem equipamentos novos que serão lançados brevemente e que ajudarão a polícia no combate à violência. A nossa esperança é de que a gente possa ter o povo de volta às ruas e se divertindo com tranquilidade, como nas bandas de carnaval que visitamos”, disse o vice-governador.

Bandas visitadas

A operação fiscalizou a Banda da Andréa Brasil, no Centro da cidade, que estava com a documentação completa. A banda do Boteko da Piscina, no Vieiralves, na Zona Centro-Sul, era uma banda fechada, mas havia uma multidão do lado de fora, o que acabou interditando a rua. Bosco Saraiva recomendou aos organizadores que instalem, na próxima edição, estruturas externas para controle e segurança do público, enquadrando a estrutura do evento ao tamanho real.

Outra banda fiscalizada neste domingo foi a Banda do Esquenta das Patroas, que aconteceu no Alvorada, Zona Oeste. O evento possuía autorização para fechar a rua, mas estava sem banheiros químicos. O bloco carnavalesco é de pequeno porte e reúne apenas moradores das proximidades. Não foram constatadas outras irregularidades.

Portaria

No último dia 17 de janeiro, representantes de bandas e blocos carnavalescos de Manaus assinaram adesão à nova Portaria da SSP-AM, que estabelece as regras para a realização de eventos em vias públicas da cidade, e o Termo de Compromisso de Realização de Eventos, uma espécie de ‘ajustamento de conduta’ para o setor. Entre as normativas, a nova portaria estabelece que bandas, blocos e eventos carnavalescos e pré-carnavalescos, ocorridos em vias e locais públicos de Manaus, devem acontecer até o limite de 23h, além de estar proibida a venda de churrascos em espetos e bebidas alcoólicas ou não em garrafas de vidro.

Com informações da assessoria

Comentários no Facebook

Veja Também

‘Rosas Danças de Salão’ divulga selecionados para curso na UEA

O ‘Rosas Dança de Salão’, projeto da Escola Superior de Artes e Turismo (Esat) da ...