terça-feira , 23 abril 2019
Home / Política / Alcolumbre fica mais de 7 horas sentado na cadeira de presidente do Senado
Anuncie Aqui!

Alcolumbre fica mais de 7 horas sentado na cadeira de presidente do Senado

Davi Alcolumbre (DEM-AP) é o novo presidente do Senado Federal por 42 votos.

Alcolumbre não deixou a cadeira de presidente nem mesmo durante o intervalo entre as sessões de posse e preparatórias (Foto: Divulgação)

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) ficou mais de sete horas sentado na cadeira de presidente do Senado, ao longo desta sexta-feira, 1º, para assegurar que iria conduzir os trabalhos da sessão preparatória para a eleição interna da Casa. A estratégia serviu para que o democrata pudesse deliberar sobre questões de ordem a cerca do voto aberto, o que é visto como uma barreira para a eleição de Renan Calheiros (MDB-AL).

Alcolumbre não deixou a cadeira de presidente nem mesmo durante o intervalo entre as sessões de posse e preparatórias, entre as 16h e 17h de hoje. Depois de encerrar a cerimônia de posse dos 54 novos senadores, Alcolumbre continuou na Mesa da Presidência para garantir a continuidade como “presidente tampão”, como ele mesmo definiu.

A reportagem apurou que o senador do Amapá foi aconselhado a permanecer no local como forma de assegurar o direito de seguir com as sessões. Essa persistência fez com que senadores brincassem sobre a possibilidade de ele estar usando um “fraldão geriátrico” por debaixo do terno. Assessores parlamentares chegaram a questionar se ele estaria usando uma sonda para conseguiu resistir durante todo o tempo.

Suspensão

Alcolumbre só levantou da cadeira ao determinar, sob protestos, que a sessão preparatória para a eleição da Presidência fosse suspensa e retomada no sábado, 2, às 11h. A suspensão foi decidida após o senador pedir que os senadores votassem com a mão levantada. Ao mesmo tempo, a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) argumentava que ele não tinha legitimidade para tomar a decisão.

Alcolumbre é pré-candidato à Presidência do Senado, e foi questionado por senadores durante toda a sessão, que o acusavam de determinar previamente as regras da eleição que disputaria. Após colocar em votação uma questão de ordem, aprovada por 50 votos favoráveis contra 2 contrários, que determinou a votação nominal, houve protestos.

Com a suspensão, a expectativa é que, na retomada da sessão, os partidos confirmem primeiro as candidaturas a presidente. Em seguida, o senador mais antigo, José Maranhão (MDB-PB) assumirá o controle da Comissão Diretora para proceder à eleição.

Fonte: Estadão Conteúdo

Comentários no Facebook

Veja Também

Ministro da Cidadania confirma 13º salário do Bolsa Família

Uma parte dos recursos virá do Orçamento Geral da União. ministro da Cidadania, Osmar Terra ...

Website Design Company in BangladeshHigh Risk Solutions Merchant Account Services