sábado , 20 abril 2019
Home / Cidades / FVS não registra novos casos de mortes por Síndrome Respiratória Aguda
Anuncie Aqui!

FVS não registra novos casos de mortes por Síndrome Respiratória Aguda

O balanço parcial da Campanha de Vacinação contra H1N1, até o momento, 717.511 pessoas foram imunizadas no Amazonas, uma média de 71% de cobertura vacinal

Não há registro de novas mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (Foto: Divulgação)

 

Manaus/AM – O número de casos notificados Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no Amazonas permanece em 998, sendo 120 positivos para o Vírus da Influenza A (H1N1), os 185 para Vírus Sincicial Respiratório (SRV), de acordo com a 20ª edição do Boletim Epidemiológico da SRAG, elaborado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), divulgado nesta quarta-feira (10).

Ainda na edição, continua 33 o número de óbitos por H1N1 no Estado mencionado na edição anterior do dia (5), sendo 26 em Manaus. No interior, seguem os três em Manacapuru, além de Parintins, Itacoatiara, Japurá e Urucurituba com um caso por município. Não há alteração para óbitos por Sincicial, são 19 registrados no Amazonas, sendo dois a mais que na última edição. Passa a ser 17 na capital, e permanecendo um de Borba e outro em Manacapuru.

Em relação a óbitos por outros vírus respiratórios continuam o da última edição divulgado na sexta-feira (05/04), Manaus um óbito por Parainfluenza tipo 3 e um pelo vírus Metapneumovírus. No interior, um óbito por Influenza A não subtipável no município de Maués.

Em Andamento

Conforme o balanço parcial da Campanha de Vacinação contra H1N1, até o momento, 717.511 pessoas foram imunizadas no Amazonas, isso significa 71% de cobertura vacinal da população-alvo da ação. Em Manaus, a campanha foi encerrada na última sexta-feira, totalizando 463 mil pessoas imunizadas, o que corresponde a cobertura 101%, superior a preconizada pelo Ministério da Saúde que é de 90%.

No interior a campanha continua para o grupo prioritário que são crianças de 6 meses a menores de seis anos, gestantes, trabalhador de saúde e professores da rede pública e privada, indígenas aldeados, idosos com mais de 60 anos, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis; e portadores de outras condições clínicas especiais como doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica.

A FVS ressalta para quem ainda não foi vacinado é só buscar o atendimento em uma das salas de vacinação em todo o Estado. As salas estão localizadas em Unidades Básicas de Saúde do interior.

*Com informações da assessoria

 

Comentários no Facebook

Veja Também

Homem é morto a tiros um dia após deixar presídio em Manaus

Um dia após ser colocado para cumprir pena fora da cadeia, Maicon Magno do Vale dos Santos, 26, que usava tornozeleira eletrônica, foi executado com cinco tiros na tarde desta quinta-feira (18). O assassinato ocorreu na Avenida Rio Negro, no bairro Santo Agostinho, na Zona Oeste de Manaus.

Website Design Company in BangladeshHigh Risk Solutions Merchant Account Services